ACEITAÇÃO E RENÚNCIA—–ANDRÉ LUIZ——-Médium Isaltino da Silveira Filho. Em 13-06-78.

   Ao espírito reencarnado é dada a sagrada oportunidade de viver as horas ou minutos onde e quando enfrentará situações ou problemas oriundos de erros passados.

   É o instante no qual se verá sozinho, ele só, diante do quadro radiante e impositivo da reparação, do resgate, da expiação, cuja moldura é sempre feita de sofrimento e dor.

    Repelir com todas as fôrças da alma essa cobrança e querer fugir, é o mesmo que adiar o pagamento.

    Entretanto, aceitar o inevitável, é abrir a alma para o reajuste e solvência do débito.

     Cumpre fazer a distinção do caso. E isso exige profunda e sincera meditação, análise correta, absoluta isenção de ânimo e franca disposição para reconhecer chegada a hora da HUMILDADE e da ACEITAÇÃO.

     Vem, então, em nosso socorro, a santa inspiração para aplicarmos, na hora, o magestoso sentimento da RENÚNCIA.

     Renúncia ao ódio, à fuga, ao revide, à vaidade, à ambição, ao ciúme, ao egoismo e a tudo o mais que nos afaste do sucesso espiritual.

     O espírito reencarnado que já soube ACEITAR e RENUNCIAR, pode estar certo de que entrou na posse da PAZ de CONSCIÊNCIA.  Passou a caminhar nas regiões tranquilas e felizes de quem já pagou e nada mais deve.

      Daí em diante é só prosseguir oferecendo tudo de seu coração ao seu próximo, em auxílio, tolerância, compreensão e amor.

     Entenda isso e não recue. Caminhe sereno porque DEUS o estará abençoando, MEU IRMÃO.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s